Vereador questiona gastos realizados na Bica D’água do Jardim Icatu

por Assessoria de Comunicação publicado 04/12/2019 09h28, última modificação 04/12/2019 09h28
Ação Parlamentar - 42ª Sessão (03/12/2019)
Vereador questiona gastos realizados na Bica D’água do Jardim Icatu

Vereador Alfredo Pissinato (Cidadania)

O vereador Alfredo Pissinato Junior (Cidadania) apresentou, durante a sessão desta terça-feira (03), solicitação para que o Poder Executivo forneça para análise da Câmara Municipal a planilha de custos, detalhando os gastos realizados na “Bica D’água do Jardim Icatu”.

O parlamentar questiona ainda por qual razão houve tamanha disparidade, entre o valor da obra e a área construída, já que a área construída não ultrapassa 20 metros quadrados, se a obra já foi totalmente finalizada, se houve necessidade de complementação de outros recursos do serviço realizado para finalizar a obra e quem foi o responsável.

“Foi pauta de discussão nesta Casa de Leis a Bica do Icatu. Precisava de uma reforma para valorizar o espaço, mas quando vimos um valor alto para recuperação do local, imaginamos que seriam feitas diversas melhorias, refazer o paisagismo, colocar uma pista de caminhada entre outras coisas. Quando vimos uma casinha que não ultrapassa 20 m² com um valor de quase R$ 100 mil e na primeira chuva tombou. Existe um índice nacional chamado CUBE que calcula o valor por metro quadrado de uma obra, no estado de São Paulo, esse valor é de R$ 1.148 mil o m². Se multiplicarmos por 20, nós teríamos um gasto de, no máximo, R$ 22 mil para fazer aquela casinha. Alguma coisa muito errada está ali. Nós pagamos R$ 91 mil só para aquela casinha. Se alguém tiver uma resposta e uma boa explicação para isso, eu gostaria de recebê-las”, questionou Pissinato.